A beleza e a melancolia de Mushi-shi

Disponível no Netflix já há algum tempo, só recentemente tive contato com a série Mushi-shi, baseada no mangá de Yuki Urushibara e dirigido por Hiroshi Nagahama. Apesar de estar disponível apenas em sua segunda temporada (no Netflix), ainda é possível criar laços bem profundos com a série, que não foi feita pra quem procura ação.

mushishi3Tendo como personagem principal um homem de cabelos brancos e olhos verdes, chamado Ginko, o anime tem histórias diferentes a cada episódio, tendo como ponto comum apenas o Mushishi, como Ginko se apresenta e os Mushi. Mushi são seres invisíveis, para a maioria dos humanos, que são, em essência, parte da vida e do mundo em sua forma mais pura. Não se classificam como animais ou plantas, ou nem mesmo como seres vivos, ainda que possamos dizer que são tudo isso ao mesmo tempo. Presentes no mundo desde seu início, convivem com os humanos sem que sejam percebidos, por vezes causando problemas, por vezes apenas se manifestando de alguma forma. Não existe, aliás, um padrão para os Mushi se apresentarem, podendo ser desde seres microscópicos até cenários inteiros. O Mushishi, por sua vez, é aquele que estuda os Mushi e ajuda os humanos a lidarem com as situações causadas por eles. Ginko, com roupas modernas e um físico bastante incomum, viaja de vilarejo em vilarejo, sempre resolvendo uma situação diferente em cada conto apresentado.

Com uma narração lenta (o que não significa tediante), Mushi-shi tem um ritmo que te acalma e te atrai pelo inusitado, sendo apresentado mais com uma história antiga que sua avó poderia te contar (verdadeira ou não, você pararia para ouvir). Todo episódio tem um roteiro que se costura bem, deixando sempre uma análise a ser feita além da história. São contos que tratam do perdão, do remorso, do carinho, da raiva... De várias emoções humanas, acordadas, reforçadas ou mortas por ações dos Mushi (sem que isso seja realmente explicito). E como mediador, sempre encontraremos Ginko, quase nunca expressa muitas emoções, por sua vez.

mushishi2

Um anime bonito, bem feito e interessante, para quem gosta de ver um Japão de características feudais, apresentado como se fosse íntimo ao mostrar crenças ou costumes de uma época que visivelmente não fazem parte da origem de Ginko, que sempre está vestido de maneira bem distinta e se parece muito com uma peça fora do tabuleiro, ou até um fantasma de outra época.

mushishi1

 

Conheça!

 

Tagged with:     , ,

About the author /


Related Articles